Leia os depoimentos que citam repasses ao PSDB

Veja as declarações de ex-executivos da OAS, Andrade Gutierrez e Odebrecht no âmbito de inquérito que investiga supostos desvios em obras do Rodoanel, em São Paulo

Luiz Vassallo

17 Fevereiro 2018 | 05h07

Ex-executivos da OAS e da Andrade Gutierrez afirmaram em depoimentos à Polícia Federal que pagaram propinas a autoridades de São Paulo, que, segundo eles, tinham como destino final a campanha do PSDB ao governo do Estado em 2006. Os depoimentos de Carlos Henrique Barbosa Lemos, ex-diretor da OAS, e de Flávio David Barra, ex-presidente da Andrade Gutierrez Engenharia, foram prestados no âmbito do inquérito no Supremo Tribunal Federal que investiga o atual senador José Serra (PSDB-SP), aberto com base na delação premiada da Odebrecht.

LEIA OS DEPOIMENTOS DOS EX-EXECUTIVOS: 

Documento