Leia o voto de Fachin que diz não a Lula

Ministro rejeitou o pedido de habeas corpus preventivo impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por não verificar “ilegalidade, abusividade ou teratologia no ato apontado”

Luiz Vassallo

04 Abril 2018 | 16h15

BRASÍLIA – O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou o pedido de habeas corpus preventivo impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por não verificar “ilegalidade, abusividade ou teratologia no ato apontado”. Os advogados de Lula tentam evitar a prisão até o esgotamento de todos os recursos ou até uma decisão final do Superior Tribunal de Justiça (STJ) no caso do triplex do Guarujá (SP).

Documento