Leia o pedido da Itália contra recursos de Battisti

Governo italiano e a Advocacia-Geral da União entendem ser possível que o Planalto reveja decreto presidencial de 2010 que barrou extradição

Luiz Vassallo

18 Fevereiro 2018 | 15h52

BRASÍLIA – O pedido do italiano Cesare Battisti, que tenta impedir no Supremo Tribunal Federal (STF) que o governo mude de ideia sobre sua extradição, ganhou mais dois pareceres negativos nessa semana. Um deles é da Itália, país onde Battisti foi condenado à prisão perpétua por envolvimento em quatro homicídios. Ele vive no Brasil beneficiado por um decreto do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva que, em 2010, negou ao país italiano o pedido de extradição.

Documento