Leia a manifestação de Barroso sobre as explicações de Segovia

Leia a manifestação de Barroso sobre as explicações de Segovia

Diretor-geral da Polícia Federal negou ao Supremo Tribunal Federal ter interferido no andamento do inquérito do Decreto dos Portos, que tem como alvo o presidente Michel Temer, e se comprometeu a não fazer mais manifestações sobre essa investigação

Breno Pires, Amanda Pupo, Teo Cury e Fábio Serapião

20 Fevereiro 2018 | 10h41

Fernando Segovia. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADAO

O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, negou ao Supremo Tribunal Federal ter interferido no andamento do inquérito do Decreto dos Portos, que tem como alvo o presidente Michel Temer, e se comprometeu a não fazer mais manifestações sobre essa investigação. Ele se manifestou nesta segunda-feira (19) por escrito e pessoalmente em audiência com o ministro do STF Luís Roberto Barroso, que o havia intimado a prestar esclarecimento sobre declarações dadas pelo dirigente da PF em entrevista à agência Reuters.

Documento

Após fala de Segovia, delegados ameaçam ir ao STF em caso de interferência em ação contra Temer

+ Comissão de Ética Pública dá 10 dias para Segovia se explicar