Leia a decisão que deflagrou a Pausare

Leia a decisão que deflagrou a Pausare

Juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, autorizou 100 mandados contra investigados por desvios no fundo de pensão dos Correios

Da Redação

02 Fevereiro 2018 | 06h00

A Polícia Federal abriu nesta quinta-feira, 1, a Operação Pausare. A ação vai durar 48 horas e mira um esquema de desvio de recursos previdenciários do Fundo Postalis, o Instituto de Seguridade Social dos Correios e Telégrafos.

Documento

A Pausare ocorre em regime de esforço concentrado pelos próximos dois dias em SP, no RJ, DF e em AL.


O empresário Milton Lyra, apontado como operador do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), é um dos alvos de busca e apreensão. Outro alvo é o ex-presidente do Postalis Alexej Predtechensky.

COM A PALAVRA, MILTON LYRA

Nota de esclarecimento

Milton Lyra não é e nunca foi intermediário de qualquer repasse a congressistas. Tampouco teve qualquer tipo de negócio com o fundo Postalis. O empresário é o principal interessado na conclusão das investigações, para o que colabora integralmente no esclarecimento das falsas acusações das quais tem sido vítima.

Assessoria de imprensa do empresário Milton Lyra