Lava Jato devolve R$ 653 milhões à Petrobrás

Lava Jato devolve R$ 653 milhões à Petrobrás

É a maior quantia já devolvida à estatal petrolífera no âmbito da operação que desvendou cartel e esquema de propinas na rotina de suas principais diretorias

Ricardo Brandt, Julia Affonso e Luiz Vassallo

07 Dezembro 2017 | 13h25

Petrobrás. Foto: PAULO VITOR/AGENCIA ESTADO/AE

O Ministério Público Federal no Paraná divulgou nesta quinta-feira, 7, a devolução de R$ 653,9 milhões aos cofres da Petrobrás, valor recuperado por meio de 36 acordos de delação premiada e cinco de leniência firmados na Operação Lava Jato. Já são R$ 1,4 bilhão devolvidos à Petrobrás.

Segundo a força-tarefa do Ministério Púiblico Federal o dinheiro recuperado vem de acordos firmados com a Braskem, Camargo Corrêwa, Settal Óleo e Gás, Andrade Gutierrez e Carioca Engenharia.

Trata-se da maior quantia já devolvida à estatal petrolífera no âmbito da investigação que desmontou cartel e esquema de propinas em suas principais diretorias (Abastecimento, Internacional e Serviços), no período entre 2004 e 2014.


A devolução dos R$ 653,9 milhões foi anunciada pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, base e origem da investigação, na presença do presidente da Petrobrás Pedro Parente.

Mais conteúdo sobre:

Petrobrás