1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Justiça multa Padilha e PT em R$ 25 mil cada por caravanas em SP

Redação

10 junho 2014 | 18:25

Decisão acata representação da Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo que acusava o petista de propaganda antecipada

por Fausto Macedo e Mateus Coutinho

A Justiça Eleitoral em São Paulo condenou o ex-ministro Alexandre Padilha e o diretório paulista do Partido dos Trabalhadores (PT) a pagarem multa de R$ 25 mil cada por propaganda antecipada na “Caravana Horizonte Paulista do pré-candidato ao governo de São Paulo pelo interior do Estado. A decisão acolhe a representação da Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo protocolada em maio que pedia a suspensão das caravanas de Padilha.

Para o juiz auxiliar Cauduro Padin, que julgou a ação houve “nítido caráter eleitoral das caravanas e intuito de pré-campanha de Padilha, que a pretexto de conhecer os problemas e as peculiaridades de cada região do Estado de São Paulo, na verdade, visa se fazer conhecido no Estado, criticando as ‘falhas’ do governo atual e se mostrando como a pessoa mais qualificada para assumir o cargo de governador do Estado de São Paulo”.

Foto: José Patrício/Estadão

Em sua defesa, Padilha e PT alegaram que a caravana foi mal interpretada pois “não se trata de propaganda eleitoral antecipada, mas de instrumento do programa de governo participativo”.

A decisão confirma a liminar concedida pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, desembargador Mathias Coltro, que na semana passada determinou a imediata suspensão das caravanas do petista pelo interior de São Paulo.

O PT e o pré-candidato ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha informaram que vão recorrer da decisão judicial.