Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Política

Politica » Justiça fixa fiança de R$ 15 mil para doleira presa com 200 mil euros na calcinha

Política

Justiça fixa fiança de R$ 15 mil para doleira presa com 200 mil euros na calcinha

Mateus Coutinho

29 Março 2014 | 09h30

Nelma Kodama, alvo da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, foi denunciada por tentativa de evasão de divisas

Fausto Macedo

A Justiça Federal em São Paulo fixou fiança de R$ 15 mil para a doleira Nelma Mitsue Penasso Kodama, presa em flagrante no aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos,  na madrugada de 14 de março quando embarcava para Milão, na Itália, com 200 mil euros escondidos dentro da calcinha.

Se Nelma depositar os R$ 15 mil ela ficará livre do flagrante e terá sua prisão revogada neste caso em que foi denunciada pela Procuradoria da República por tentativa de evasão de divisas. Mas ela responderá ao processo criminal na Justiça e os 200 mil euros continuam confiscados judicialmente.

Nelma também não ganhará a liberdade porque contra ela existe outro mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça Federal no Paraná. Nelma é alvo da Operação Lava Jato, missão da Polícia Federal em Curitiba que desarticulou grande esquema de lavagem de dinheiro da ordem de R$ 10 bilhões.

A operação foi deflagrada no dia 16. O principal nome da Lava Jato é o doleiro Alberto Yousseff, que teria pago propinas para o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa. Os dois estão presos.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato