Organizadores de rodeio condenados por queimar com cigarros e dar choques em animais

Organizadores de rodeio condenados por queimar com cigarros e dar choques em animais

Luiz Vassallo

12 Julho 2017 | 05h01

Rodeio: Divulgação

A 2ª Vara Cível da Comarca de Volta Redonda condenou duas empresas responsáveis pela organização da 21ª Festa do Peão de Boiadeiro de Volta Redonda, realizada em abril de 2010, por maus tratos aos animais usados no rodeio. Segundo o Ministério Público Estadual, os animais eram queimados com pontas de cigarro e levavam choques antes de serem soltos na arena. A multa imposta pelo Tribunal de Justiça do Rio, a título de danos morais coletivos, é de R$ 100 mil reais.

As informações são do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro.

A denúncia foi movida pela 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Volta Redonda, contra as empresas Kavallus Empreendimentos Artísticos LTDA e Proson Agência de Viagens, Turismo e Eventos LTDA.

De acordo com a ação movida pelo MPRJ, a organizadora Proson contratou a Kavallus para promover o rodeio durante o evento. No inquérito civil nº 54/2011, apurou-se que os animais foram torturados e maltratados com choques elétricos, queimaduras por pontas de cigarro e até a introdução de objetos no ânus, com o propósito de estimulá-los antes de serem soltos na arena.

Segundo a sentença proferida pelo juízo da 2ª Vara Cível da Comarca de Volta Redonda, ficou comprovado o uso de choques elétricos em vídeos anexados ao processo. Portanto, as duas empresas foram condenadas, solidariamente, a pagar R$ 100 mil como indenização por danos morais coletivos, com destinação prevista pelo artigo 13 da Lei nº 7.347/85, que determina que ‘os valores vão para um fundo gerido por um Conselho Federal ou por Conselhos Estaduais de que participarão necessariamente o Ministério Público e representantes da comunidade, sendo seus recursos destinados à reconstituição dos bens lesados’.

As empresas também foram condenadas a não realizar e não permitir a apresentação de animais em rodeios mediante o uso de aparelhos de choque elétrico, sob pena de multa de R$ 20 mil por animal envolvido.

O Ministério Público afirma que, nos próximos dias, apresentará recurso visando à majoração da indenização por danos morais coletivos.

COM A PALAVRA, A Kavallus Empreendimentos Artísticos LTDA

Kavallus Empreendimentos Artísticos LTDA, conhecida como Companhia de Rodeio Tony Nascimento.  é uma das maiores companhias de rodeios do país. Com mais de 25 anos de atuação e muito profissionalismo e respeito à profissão. Com participação em cinco novelas da Rede Globo de Televisão, Participou também em um filme Inglês de divulgação Britânica, no comercial da cerveja Brahma com o Campeão Mundial de rodeio Guilherme Marchi e está freqüentemente em matérias de jornais, revistas e TVs do Brasil.

Deve se destacar que o ocorrido em Volta Redonda no ano de 2010, não condiz com o que fora falado no curso do processo.

Importante informar que o caso encontra se em sede de recurso onde ocorrerá nova apreciação do caso uma vez que o discurso da acusação feita por ONGs ativistas e radicais foi reproduzido sem o devido cuidado e bom senso. Onde objetivará o cancelamento desta primeira decisão, cancelando e afastando também esta acusação inverídica.

Saibam todos que parte da acusação inicial já fora julada descabida, não havendo a condenação conforme pedido. Entretanto ainda sofre a empresa Kavallus empreendimentos, pois ao analisar as provas do processo fica claro que nada daquelas barbarias aconteceram na apresentação da nossa  equipe. A não demonstra o manuseio do gado no curral.

A Kavallus Empreendimentos Artísticos LTDA. Foi vítima de uma perseguição e acusação coberta de impropriedades visíveis.  As quais serão corrigidas pelo Tribunal, onde se restabelecerá a Justiça neste caso.

Companhia que participou de Barretos/SP 2015/2016 com touros consagrados como Rolex, Xandô, Saqueador, Ponto Final e Celebridade e cavalos como Ressaca, Osaka, Máscara, Android, Havana e a égua Atrevida que conquistou a fivela de melhor animal, se tornando Bicampeã como melhor animal de Barretos.

A equipe Tony Nascimento  é Detentora no Brasil da chancela  para realização de Rodeios Internacionais pela International Pro Rodeo –IPR composta por representantes e competidores de vários países.

E com o seu campeonato  próprio , a Copa Tony Nascimento de Rodeio a Copa dos 3 Estados, que classifica os melhores competidores para a grande final que acontece em Barretos-SP, que é realizada pela CNAR (Confederação Nacional de Rodeio).

COM A PALAVRA, PROSON

A reportagem entrou em contato com a empresa, que ainda não se pronunciou. O espaço está aberto para manifestação.

0 Comentários