Ejaculador na cadeia

Ejaculador na cadeia

Leia o Termo de Audiência de Diego Ferreira de Novais em que Estado-Juiz condena 'arcaica postura machista'

Fausto Macedo e Julia Affonso

04 Setembro 2017 | 05h00

O juiz Rodrigo Marzola Colombini decidiu, neste domingo, 3, pela prisão preventiva do ajudante de serviços gerais Diego Novais, de 27 anos. Ele foi flagrado na manhã de sábado, 2, no interior de um ônibus ’em ato caracterizado como estupro, nos termos do Código Penal’.

Documento

Em sua decisão, o magistrado afirma que ‘medidas preventivas, a exemplo das previstas na Lei nº 11.340/2006 (popularmente conhecida como Lei “Maria da Penha”), em muito vêm contribuindo para difundir a cultura de que as mulheres não podem nem devem aceitar a arcaica postura machista de enxergá-las (mulheres) como objeto de desejo ou manipulação, sujeitas a todo e qualquer tipo de violência’.

“O próprio Tribunal de Justiça de São Paulo vem promovendo inúmeras campanhas de conscientização contra a violência doméstica e sexual sofrida pelas mulheres.O Estado-Juiz não pode compactuar com esse tipo de conduta, que reiteradamente vem sendo praticada pelo indiciado”, anota o juiz.