Contador de Renan atua para empresa de operador do PMDB do Senado, diz MPF

Contador de Renan atua para empresa de operador do PMDB do Senado, diz MPF

Appel Mattos, responsável pela contabilidade do peemedebista, foi levado pelo senador ao Conselho de Ética em 2007; ele atua ao lado de Mylton Lira, investigado pelo Supremo Tribunal Federal

Luiz Vassalo e Julia Affonso

30 Setembro 2017 | 05h00

Renan Calheiros. Foto: Evaristo Sá/AFP

O contador José João Appel Mattos aparece como sócio da empresa contábil responsável pelo ML Group Participações, do empresário Milton Lira – apontado como operador de  senadores do PMDB e alvo de ao menos duas fases da Lava Jato. A informação consta em relatório do Ministério Publico Federal que investiga o ex-presidente do Senado Renan Calheiros. Appel Mattos também é ligado a Renan.

Em 2007, o senador por Alagoas levou Appel Mattos como seu contador em seu depoimento no Conselho de Ética. A presença do contador tinha como finalidade explicar as transações de Renan para pagar a pensão da jornalista Mônica Veloso.

O senador, à época, era suspeito ter os gastos da pensão devida à jornalista pagos po uma empreiteira.

Lyra é investigado ao lado de Renan no âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele teria atuado como o interposto do peemedebista para receber propina da Hypermarcas e de desvios no fundo de pensões dos Correios, o Postalis.

Nesse inquérito, a Procuradoria-Geral da República juntou uma série de relatórios de análise do material apreendido com Lyra na operação Sepsis, deflagrada em 1.º de julho de 2016, e a quebra de sigilo fiscal de suas empresas e de pessoas ligadas a ele.

No relatório sobre a ML Group Participações, Appel de Mattos aparece como responsável pela empresa contábil da firma de Lira, a AMC Assessoria e Contabilidade.

A ML Group é uma das empresas que o Ministério Público Federal aponta como utilizada no esquema de trânsferencias bancárias online e contratos de mútuo que serviram para que o dinheiro da Hypermarcas passasse pelas empresas e chegasse até as conta bancárias de Lira.

O contador Appel Mattos também aparece como alvo de relatório do MPF. Os procuradores identificaram o nome do contador no quadro societário de oito empresas

COM A PALAVRA , MILTON LIRA

Todas as atividades de Milton Lira e de suas empresas são e sempre foram lícitas. O empresário está à disposição da justiça para prestar os esclarecimentos necessários.

COM A PALAVRA, RENAN

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do senador. O espaço está aberto para sua manifestação.

Mais conteúdo sobre:

Renan Calheirosoperação Lava Jato