1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Quem Faz

FAUSTO MACEDO é repórter de Política do jornal "O Estado de S.Paulo" (fausto.macedo@estadao.com) Colaboração: Mateus Coutinho, repórter de Política do jornal "O Estado de S.Paulo" (mateus.coutinho@estadao.com), e Julia Affonso, repórter do jornal “O Estado de S.Paulo” (julia.affonso@estadao.com)
quarta-feira 29/10/14 13:27

Petrobrás Petrobrás questiona delator e põe na berlinda diretores nomeados por Lula

Por Fauso Macedo, Mateus Coutinho e Ricardo Brandt

PAULO ROBERTO COSTA/CPMI

Atualizado às 11h40 - A Petrobrás pediu à Justiça Federal que o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa responda qual a participação do ex-presidente da estatal José Sergio Gabrielli, do ex-diretor de Serviços Renato Duque e do ex-diretor de Internacional Nestor Cerveró no esquema de desvios e corrupção que, segundo ele, envolvem obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. A ...

Ler post
quarta-feira 29/10/14 05:00

STF vai decidir se contribuição previdenciária recai sobre participação nos lucros

Fausto Macedo O Supremo Tribunal Federal (STF) vai decidir se incide contribuição previdenciária sobre a participação nos lucros distribuída aos trabalhadores entre outubro de 1988, quando entrou em vigor a Constituição, e dezembro de 1994, data da Medida Provisória 794. De acordo com o advogado tributarista Lucas C. Bizzotto Amorim, do Marcelo Tostes Advogados, a controvérsia surgiu porque o artigo 3º dessa Medida Provisória, expressamente, excluiu da base de cálculo da contribuição os valores referentes à participação nos resultados. "Apesar de, sob ...

Ler post
terça-feira 28/10/14 17:39

Vice da Camargo Corrêa alega hipertensão e se afasta de empreiteira

atestadoleite

Por Mateus Coutinho e Fausto Macedo Apontado pelos investigadores da Operação Lava Jato como contato do doleiro Alberto Youssef na construtora Camargo Corrêa, o executivo Eduardo Leite pediu licença do cargo de vice-presidente Comercial das empresas Construções e Comércio Camargo Corrêa e Camargo Corrêa Construções e Participações na semana passada. Leite alegou problemas de saúde. Seus advogados entregaram inclusive à Justiça Federal atestado médico afirmando que ele sofre de hipertensão. Assinada pelos advogados Antônio Cláudio Mariz de Oliveira e Jorge Urbani Salomão ...

Ler post
terça-feira 28/10/14 03:00

Executivo também faz acordo de delação

Fausto Macedo e Ricardo Brandt

O executivo Julio Camargo fechou acordo de delação premiada no caso Lava Jato. Segundo os investigadores, Camargo é o controlador de três pessoas jurídicas – Treviso, Piemonte e Auguri –, grupo que mais repasses fez para empresas de fachada do doleiro Alberto Youssef, operador da lavagem de dinheiro e corrupção na Petrobrás.

Camargo agia em nome de uma das 14 empresas que formaram um cartel na Petrobrás, segundo o ex-diretor de Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa. Ele fazia o elo com pelo menos duas gigantes da construção civil que teriam sido beneficiadas com contratos bilionários da Petrobrás.

O acordo de Camargo causou forte impacto em algumas das principais empreiteiras do País porque fura o pool que elas formaram. Há três semanas essas empresas se fecharam em uma estratégia única, que acabou frustrada – foram ao Ministério Público Federal propor um acordo coletivo de leniência, o que foi rejeitado.

Em uma “planilha de contribuições”, produzida em 2010 e apreendida pela Polícia Federal com o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás, o nome do executivo aparece ao lado da anotação “começa a ajudar a partir de março”.

Na campanha eleitoral de 2010, Camargo ficou entre os maiores doadores de pessoa física – repassou R$ 1,12 milhão para dez candidatos ao Senado, à Câmara dos Deputados e às Assembleias Legislativas de São Paulo e de Mato Grosso do Sul.

O maior beneficiário das doações foi o então candidato a senador do PT do Rio Lindbergh Farias, com R$ 200 mil.

No fluxograma do dinheiro movimentado por Youssef na GFD Investimentos (um total de R$ 78 milhões) de janeiro de 2009 a dezembro de 2013 a Piemonte foi a segunda que mais colocou dinheiro – R$ 8,5 milhões. A Treviso foi a quarta, com R$ 4,4 milhões.

Os extratos anexados a um laudo pericial do Ministério Público Federal mostram que as contas das duas receberam de volta da GFD no mesmo período R$ 2,6 milhões para Treviso e R$ 500 mil para a Piemonte.

O conluio das empreiteiras foi denunciado pelo ex-diretor de Abastecimento da estatal.

A Lava Jato já contava duas delações premiadas, a do próprio Costa e a do doleiro Alberto Youssef. O ex-diretor da Petrobrás apontou pelo menos 32 parlamentares, entre deputados e senadores, e quatro partidos (PT, PSDB, PMDB e PP) que teriam sido contemplados com propinas e aportes para caixa 2 de campanha.

O doleiro Alberto Youssef está depondo. Seu relato segue praticamente a mesma linha das revelações de Costa. Ambos disseram que Camargo “falava em nome de uma empresa do setor petroquímico”. A criminalista Beatriz Catta Preta, que representa Camargo, não se manifestou sobre a delação.

Ler post
segunda-feira 27/10/14 13:03

Presidente da CPI mista da Petrobrás cancela depoimento de Youssef

emailcpi

Por Mateus Coutinho e Fausto Macedo O presidente da CPI mista da Petrobrás, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) cancelou o depoimento do doleiro Alberto Youssef na comissão marcado para a próxima quarta-feira, 29. A informação consta de um e-mail encaminhado pela coordenadora de Comissões Especiais, Temporárias e Parlamentares de Inquérito do Senado, Adriana Zaban, à Justiça Federal do Paraná - onde correm os processos da Lava Jato - nesta segunda-feira, 27. Internado desde sábado no hospital Santa Cruz em Curitiba após sofrer uma ...

Ler post
sábado 25/10/14 20:37

Benefício se transforma em salário, afirma advogado-geral da União

GLEISI HOFFMANN/SENADO

Por Mateus Coutinho

GLEISI HOFFMANN/SENADO

O advogado-geral da União Luís Inácio Adams afirma que o órgão já questionou no Supremo a concessão do auxílio-moradia aos magistrados e condenou a forma como outras categorias do funcionalismo estão buscando estender esse benefício. “É completamente diferente do que foi aprovado para a magistratura, que é um valor fixo que vira um salário”, afirmou, em entrevista ao Estado. ESTADO: Como a AGU avalia a extensão do ...

Ler post
sábado 25/10/14 19:16

Doleiro desmaia na carceragem e é levado para UTI em Curitiba

Por Fausto Macedo, Ricardo Brandt e Mateus Coutinho [caption id="attachment_3210" align="aligncenter" width="480"]Foto: Geraldo Magela/Estadão - 30.01.2006 Foto: Geraldo Magela/Estadão - 30.01.2006[/caption] O doleiro Alberto Youssef foi encaminhado na tarde deste sábado, 25, para a UTI do hospital Santa Cruz, em Curitiba, após sofrer forte queda de pressão na hora do almoço (cera de 13h), chegando a desmaiar na carceragem após a refeição. A suspeita é de ele que tenha sofrido um enfarte, mas ...

Ler post
sábado 25/10/14 05:00

Defesa de réus pede anulação dos depoimentos de doleiro e ex-diretor

Por Mateus Coutinho e Fausto Macedo Em petição encaminhada à Justiça Federal, a defesa dos empresários Márcio Bonilho e Murilo Tena Barrios, sócios das empresas do Grupo Sanko, pede a anulação dos depoimentos do ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa, do doleiro Alberto Youssef e do também empresário Leonardo Meirelles prestados na ação que apura desvios, corrupção, caixa 2 e superfaturamento nas obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. "(A defesa) requer seja declarada a nulidade de tais atos promovendo os ...

Ler post
sábado 25/10/14 00:55

Doleiro diz que Lula ordenou pagamento a agência suspeita

O diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, durantesolenidade, na Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), na Baixada Fluminense para apresentação dos efeitos benéficos no Rio do uso do diesel menos poluentes.

Por Ricardo Brandt e Fausto Macedo O doleiro Alberto Youssef afirmou nos termos de sua delação premiada que o então presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva teria dado uma ordem em 2010 ao então presidente da Petrobrás, José Sergio Gabrielli, para que ele resolvesse uma pendência com uma agência de publicidade suspeita de integrar o esquema de corrupção na Petrobrás. [caption id="attachment_7657" align="aligncenter" width="491"] Foto: Tasso Marcelo/Estadão[/caption] “O Lula ligou para o Gabrielli ...

Ler post