A nova denúncia contra Luiz Marinho

Leia a íntegra da acusação da Procuradoria da República de São Paulo contra o ex-prefeito de São Bernardo e presidente do diretório estadual do PT por supostos desvios no Museu do Trabalhador

Luiz Vassallo

17 Novembro 2017 | 13h12

O Ministério Público Federal em São Bernardo do Campo ofereceu nova denúncia contra o presidente do PT de São Paulo, Luiz Marinho (PT), e outras 15 pessoas de sua gestão à frente da Prefeitura de São Bernardo, por supostos desvios no Museu do Trabalhador, alvo da Operação Hefesta.

“A propina, travestida de doação eleitoral, seria recompensada com os lucros advindos da contratação pelo poder público, nestes incluídos os valores recebidos por serviços não executados e executados com sobrepreço”, afirma a procuradoria.

Documento