Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Politica » A luxúria da República do Acarajé

Política

A luxúria da República do Acarajé

Politica

OPERAçãO LAVA JATO

A luxúria da República do Acarajé

23ª fase da Lava Jato, batizada de Operação Acarajé - alusão ao termo usado pelos alvos para designar dinheiro -, apreendeu com lancha, dinheiro em espécie, coleção de carros antigos e obras de arte com alvos de esquema que chegou a marqueteiro do PT João Santana

0

Fausto Macedo, Andreza Matais, Ricardo Brandt e Mateus Coutinho

22 Fevereiro 2016 | 17h24

IMG-20160222-WA0022

Nas buscas e apreensões da Operação Acarajé – 23ª fase da Lava Jato -, a Polícia Federal apreendeu uma lancha, uma coleção de carros antigos, dinheiro em espécie e obras de arte. O material, prova do luxo em que viviam os suspeitos, é suposto produtor de lavagem de dinheiro, do esquema de corrupção na Petrobrás que chegou ontem ao marqueteiro do PT João Santana.

A maior parte dos itens da vida de luxuria que tinham os alvos pertence ao operador de propinas Zwi Skornicki, que mora no Rio de Janeiro.  Ele foi preso nesta segunda-feira, 22, alvo de cautelar preventiva decretada pelo juiz federal Sérgio Moro, que determinou o recolhimento dos bens.

O delegado da Lava Jato Igor Romário de Paula enfatizou, em entrevista coletiva, na manhã de hoje os itens apreendidos pela “Acarajé”. “A compra de bens como obras de artes e carros são clássicos mecanismos de lavagem de dinheiro.

 

A Polícia Federal divulgou na tarde desta segunda-feira, por meio de sua assessoria de comunicação, um balanço parcial dos 51 mandados cumpridos por cerca de 300 homens, em quatro estados.

BAHIA

7 mandados de busca e apreensão : 5 em Salvador e 2 e Camaçari

1 mandado de prisão temporária

1 condução coercitiva

Apreensão de documentos

RIO DE JANEIRO

14 mandados de busca e apreensão: 10 no Rio de Janeiro, 2 Mangaratiba e 2 em

Petrópolis

1 mandado de prisão preventiva

2 conduções coercitivas

Apreensão de documentos, veículos de luxo e de colecionador, uma lancha

SÃO PAULO

16 mandados de busca e apreensão cumpridos nas cidades de São Paulo, Campinas e

Poá

1 mandado de prisão temporária

Apreensão de documentos e mais de 300 mil reais em moeda nacional e estrangeira

Um mandado de prisão preventiva e quatro de prisão temporária não foram cumpridos em razão dos investigados não terem sido localizados.

Mais conteúdo sobre:

Comentários