A favor de Lula

A favor de Lula

Artistas e políticos fizeram ato pelo ex-presidente no Circo Voador, Rio, nesta segunda, 2

Luiz Fernando Teixeira

03 Abril 2018 | 13h46

Lula. Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva compareceu a um ato suprapartidário no Circo Voador, no Rio, nesta segunda-feira, 2. Participaram do evento a pré-candidata do PCdoB à Presidência, Manuela d’Ávila, o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL), o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, o ex-ministro Celso Amorim, o deputado federal Jean Wyllys e o cantor Chico Buarque.

“Eu não vim aqui pra defender minha candidatura, vim defender minha inocência, que eles precisam me devolver. Quero que parem de mentir a meu respeito. Digam a verdade. Quero ser julgado com base no mérito do meu processo. Espero que a Suprema Corte apenas faça Justiça. Não quero benefício pessoal. Mas não aceitei a ditadura militar e não vou aceitar a ditadura do MPF e do Moro”, disse Lula.

Manuela defendeu o direito de o petista ter um julgamento ‘justo’ e poder disputar as eleições. “Aquilo que nos une é a luta pela liberdade. E nós também temos uma missão de dizer que a luta democrática pela liberdade passa pela liberdade de Lula concorrer”, declarou.

Os manifestantes pró-Lula cobraram explicações para o ataque a tiros contra a caravana do petista, na semana passada – balaços atingiram dois ônibus do comboio do ex-presidente no interior do Paraná. “Os tiros contra a caravana ultrapassaram qualquer fronteira. Tem uma fronteira decisiva nessa história que separa a barbárie da democracia e a barbárie tem que ser acuada”, afirmou Freixo.

Na quarta, 4, o Supremo Tribunal Federal julga pedido de habeas corpus preventivo do petista. Na prática, os ministros vão decidir se Lula vai para a prisão da Lava Jato, que o condenou a 12 anos e um mês de reclusão, ou se fica livre – desde antes do feriado da Páscoa, o ex-presidente está blindado por um salvo-conduto concedido pela Corte.

Mais conteúdo sobre:

LulaManuela D'ÁvilaMarcelo Freixo