HC de Cabral para voltar ao Rio deve cair com… Gilmar Mendes

Eliane Cantanhêde

02 Fevereiro 2018 | 16h19

O ano judiciário começou quente e pode ferver hoje, 2/2, porque o ex-governador Sérgio Cabral entrou com um pedido de Habeas Corpus no Supremo Tribunal Federal para sair da cadeia em Curitiba e voltar para o Rio. O pedido tem tudo para cair com… o ministro Gilmar Mendes.

Um HC assim deve cair com Mendes por “prevenção”, ou seja, porque o ministro já tem outros casos semelhantes ou afins. E, como se sabe, isso significa que Cabral tem boas razões para se sentir animado com a ideia de voltar à Penitenciária de Bangu, quem sabe ainda no fim de semana.

Em Bangu, diferentemente do Complexo Penal de Pinhais, no Paraná, ele tem muito mais chance de poder usufruir todas aquelas benesses e privilégios de um ex-governador na cadeia: colchão especial, comidinhas caprichadas, visitas fora de hora (e de registro) e até um “home theater” com dezenas de filmes.

Apesar de muito técnico e muito aplicado, Mendes tem tomado decisões muito polêmicas ao julgar Habeas Corpus e ser excessivamente indulgente ao mandar soltar presos por corrupção _ em especial presos justamente do Rio de Janeiro.