Se acionado, Supremo deve manter condenação de Lula

Se acionado, Supremo deve manter condenação de Lula

Coluna do Estadão

14 Julho 2017 | 05h30

SINAIS PARTICULARES – LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
ILUSTRAÇÃO – KLÉBER SALES

Caso o Tribunal Regional Federal da 4ª Região mantenha a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a tendência é de que o STF confirme a sentença de 9 anos e 6 meses de prisão contra ele. Ministros ouvidos pela ‘Coluna’ dizem que dificilmente a Corte entraria na discussão levantada pela defesa sobre a validade das provas colhidas no processo. Segundo um magistrado, o plenário só reverteria a condenação se fosse encontrado um “erro rombudo”, uma “ilegalidade flagrante”, fato que, se existir, será verificado na 2.ª instância e não chegaria no Supremo.

Guenta aí. Outras duas ações penais contra Lula que tramitam em Curitiba ainda não tiveram a instrução finalizada, o que significa dizer que o juiz Sérgio Moro vai demorar para dar sua sentença. O petista já foi condenado no caso do triplex no Guarujá.

Estatística. Das 48 decisões do TRF envolvendo a Lava Jato, 30 foram para manter ou aumentar a pena dada por Moro.

Sozinho. Governistas registraram que o prefeito de São Paulo, João Doria, foi um dos raros tucanos a elogiar publicamente a condenação de Lula e a criticar o adversário petista. Foi contabilizado que o PSDB anda com mais pressa para bater no ‘aliado’ Michel Temer do que no PT.

Vendendo a janta… O governo foi avisado de que deputados cobram liberações de recursos prometidas ainda durante a votação da reforma trabalhista.

Cheque especial. Apesar das dívidas, o Planalto segue prometendo novas liberações para derrotar a denúncia contra Temer no plenário.

Cuma é o nome dele? O humor melhorou tanto no Planalto com a rejeição da denúncia na CCJ que ontem já se fazia piada: o problema de Temer é um só: Rodrigo (Pacheco, Rocha Loures, Maia e Janot).

Mapa. No mundo real, o governo sabe que os deputados do Nordeste e do Norte de partidos da base são os que enfrentam maior resistência para derrubar a denúncia contra o presidente Temer no plenário da Câmara dos Deputados.

Não passarão. O levantamento indica maior dificuldade para dobrar aliados que são de Estados governados pelo PT, como Bahia e Ceará, por causa dos arranjos políticos locais e da impopularidade de Temer na Região Nordeste.

CLICK – Pouco depois de já iniciada a cerimônia de sanção da reforma trabalhista, no Palácio do Planalto, ainda havia duas fileiras com cerca de 50 cadeiras vazias.

Naira Trindade/Estadão

Parente é serpente. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), perdeu a paciência com o “quase sogro” Moreira Franco e o bloqueou no WhatsApp. O ministro tem dado palpites demais na relação de Maia com o Planalto. Moreira é casado com a sogra do demista.

Tática. Lula indicou o delegado Marlon Cajado como sua testemunha de defesa no processo que apura tráfico de influência na compra de caças suecos.

Eu hein. O delegado investigou o caso, que também inclui compra de medidas provisórias na Zelotes, escândalo revelado pelo Estado.

Mudança à vista. Temer escolherá o novo procurador-geral do Ministério Público no TCU. A mais cotada é o a subprocuradora Cristina Machado. Lucas Furtado corre por fora.

Ação e…Moreira Franco, Eliseu Padilha e Henrique Meirelles comemoraram ao lado do presidente Michel Temer, no terceiro andar do Planalto, o resultado da rejeição do parecer de Sérgio Zveiter, que acatava a denúncia.

…reação. O governo ignorou o troca-troca na CCJ para comemorar “a maioria expressiva” e a “surpresa positiva para encerrar a crise artificial”.

PRONTO, FALEI!

“O prestígio do presidente aumentou tanto que no Planalto, ontem, só não tinha deputado dentro do banheiro”, DEPUTADO JORGE TADEU MUDALEN (DEM-SP), sobre a melhora do clima pró-Temer.

 

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

LulaCondenação de Lula