PMDB entra na disputa por pasta das Cidades

PMDB entra na disputa por pasta das Cidades

Luiza Pollo

17 Novembro 2017 | 05h30

Líder do PMDB na Câmara, Baleia Rossi

O PMDB entrou na disputa pelo Ministério das Cidades. O líder na Câmara, Baleia Rossi, diz que, se forem comparados os ministérios que o partido ocupa com os do Centrão, não há como Michel Temer deixar de contemplar a legenda. “Se você olhar para a Esplanada, não há como não vir para o PMDB. Existe uma expectativa da bancada pela importância e capilaridade e pelo PMDB não ter nenhum ministério de ponta”, afirma ele. Com orçamento de R$ 15,4 bilhões, a pasta comanda programas com impacto nas bases eleitorais, como moradia.

No palitinho. Apesar da avaliação, o líder do PMDB pondera que a solução tem de ser pacífica. “Não dá para a base brigar”, diz ele. A pasta também é cobiçada por PP, DEM e PSD.

Amigo do rei. O deputado Alexandre Baldy (sem partido-GO), próximo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), entrou na lista dos cotados para assumir a pasta das Cidades. Ele avalia se filiar ao PMDB ou ao PP. Os peemedebistas dizem que ele é um bom nome para o ministério.

Perfil. Baldy tem trânsito em todos os partidos da base por seu perfil discreto e agregador. São frequentes jantares na casa dele reunirem políticos de vários partidos. O aniversário do presidente Temer foi comemorado lá.

Segunda opção. Se perder a queda de braço pelo Ministério das Cidades, peemedebistas dizem que não há hipótese de não indicarem um nome para a Secretaria de Governo, ocupada pelo ministro Antonio Imbassahy, do PSDB.

Só que… O presidente Temer avisou a interlocutores que, se fizer mudanças na Secretaria de Governo, vai colocar alguém de sua relação pessoal.

Novos alvos. A tucana Maria Helena Guimarães, secretária executiva do Ministério da Educação, entrou na mira dos deputados que defendem a saída do PSDB do governo.

Escaparam. Se salvam da cobiça do Centrão o presidente da Petrobrás, Pedro Parente, e Eduardo Guardia, número dois do Ministério da Fazenda, também tucanos. Os dois conseguiram uma rara blindagem na base aliada de Temer.

Braços dados. As conversas em torno da filiação de Luciano Huck a um partido político para disputar a eleição presidencial de 2018 envolvem também o ingresso da mulher dele, a apresentadora Angélica. A decisão ainda não foi tomada.

Assim passa. O presidente do Senado, Eunício Oliveira, sugeriu a Temer que a reforma da Previdência seja resumida à idade mínima e a medidas que acabem com privilégios. Além de preservar o INSS rural.

Sinais Particulares: Eunício Oliveira (PMDB-RJ), presidente do Senado; por Kleber Sales

 

Coxinha versus… As inserções partidárias do PMDB foram alvo de críticas de peemedebistas no grupo de WhatsApp da legenda minutos depois de divulgados. Os vídeos foram considerados elitistas, sem “índios, negros ou gente do povo”.

…mortadela. Os deputados se incomodaram também com o espaço dado a Fátima Pelaes, secretária da Mulher, no programa partidário. Criticam-na por ter destinado recursos para a Casa da Mulher Brasileira, no Maranhão, onde o governador Flávio Dino faz oposição a Michel Temer.

CLICK. A prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (PMDB), adaptou a frase “a vida necessita de pausas”, do poeta Carlos Drummond de Andrade, e assinou a publicação no Instagram.

Foto: Instagram Teresa Surita

 

Tô aqui. O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) usou o Twitter para criticar Luislinda Valois (Direitos Humanos), que tentou furar o teto salarial para receber R$ 61 mil, e se colocou à disposição de Temer para ocupar o lugar dela.

Conselho. Em reunião com Temer no início da semana, o governador Paulo Hartung sugeriu adiar a troca de ministros para evitar o tema durante a votação da reforma da Previdência.

PRONTO, FALEI!

“Antes de tratar da reforma da Previdência, precisamos tratar dos privilégios estatais”, DO DEPUTADO PEDRO CUNHA LIMA (PSDB-PB)sobre a intenção do governo de votar a reforma da Previdência no Congresso.

COM REPORTAGEM DE NAIRA TRINDADE E LEONEL ROCHA

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter:
 @colunadoestadao
Facebook:
 facebook.com/colunadoestadao
Instagram:
 @colunadoestadão