Planalto anunciou posse de Marun pelo Twitter e depois apagou

Planalto anunciou posse de Marun pelo Twitter e depois apagou

Naira Trindade e Andreza Matais

22 Novembro 2017 | 17h31

O Palácio do Planalto anunciou hoje pelo Twitter a posse do deputado Carlos Marun na Secretaria de Governo no lugar do ministro Antonio Imbassahy. O tuíte foi apagado minutos depois.

O post dizia: “Em instantes, acompanhe a cerimônia de posse dos ministros da Cidades, Alexandre Baldy, e da Secretaria de Governo, Carlos Marun”. No post, o Planalto chegou a até marcar o perfil de Marin no microblog.

O governo chegou a adiar a posse de Baldy das 15h30 para as 17h.

A assessoria do Planalto disse que há conversas em torno da indicação de Marun na Segov, mas a decisão final não foi tomada.

O senador Aécio Neves tenta convencer Temer a não trocar Imabassahy antes da reforma da Previdência. O mesmo pede o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Ambos negam os movimentos. (Naira Trindade e Andreza Matais)

Em nota, Palácio admite erro. Leia a íntegra: 

“O perfil do Planalto no Twitter publicou de maneira equivocada que o deputado Carlos Marun tomaria posse hoje na Secretaria de Governo. O funcionário terceirizado responsável pela publicação errada foi advertido e a mensagem, apagada. Lamentamos o equívoco”.