PGR abre investigação sobre vídeo de Gleisi para TV Al-Jazira

PGR abre investigação sobre vídeo de Gleisi para TV Al-Jazira

Coluna do Estadão

19 Abril 2018 | 05h30

Gleisi manda recado sobre a situação de Lula para o mundo árabe pela TV Al Jazeera

Recado para o mundo árabe pela TV Al Jazeera sobre a situação de Lula como preso político! #LulaLivre

Publicado por Gleisi Hoffmann em Terça-feira, 17 de abril de 2018

(Assista ao vídeo. Clique no alto-falante para ativar o som)

A Procuradoria-Geral da República instaurou procedimento preliminar para analisar a possibilidade de abrir inquérito sobre um vídeo gravado pela presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), para a TV Al-Jazira. Na gravação, ela diz que o ex-presidente Lula é um preso político e acusa a Justiça brasileira. “Lula foi condenado por juízes parciais num processo ilegal. Não há nenhuma prova de culpa, apenas acusações falsas”, afirma. A petista termina convocando “todos e todas [do mundo árabe] a se juntarem na luta” para libertar Lula.

Abrindo os trabalhos. A instauração da Notícia de Fato é o primeiro passo antes de a PGR instaurar um inquérito. A determinação partiu da titular da Secretaria Penal da PGR, subprocuradora Raquel Branquinho.

Fala que eu te escuto. Durante todo o dia de ontem, a PGR recebeu vários pedidos de cidadãos comuns para abrir investigação, além de ofício do deputado Major Olimpio (PSL-SP).

Com a palavra. No plenário do Senado, a presidente do PT reiterou sua fala à TV Al-Jazira e classificou as críticas como xenofobia.

Hora pra tudo. A possibilidade de Raquel Dodge apresentar uma terceira denúncia contra o presidente Michel Temer até o fim do ano é tratada como improvável entre seus colegas.

Tem fila. São dois os motivos. O Inquérito dos Portos é recente, foi aberto em setembro, e não vai furar a fila de mais antigos envolvendo outros políticos. E qualquer atitude apressada fará com que o Congresso rejeite a nova denúncia.

Guerra do café… O senador Aécio Neves avaliou que as declarações de Geraldo Alckmin de que deveria se afastar da vida pública para cuidar da sua defesa podem se voltar contra o presidenciável tucano.

…com leite. O senador avisa que o eleitor mineiro é solidário. Não compactua com corrupção, mas também não aceita um colega tripudiar em cima do outro.

Menos. O presidente do PTB, Roberto Jefferson, foi aconselhado por colegas de partido a parar de jurar amor eterno a Geraldo Alckmin. Acham que, se o tucano não decolar nas pesquisas, é preciso deixar a porta aberta para um plano B.

Em cima do laço. O governo vai usar o prazo-limite para decidir se sanciona, com vetos, o Projeto de Lei 7.748/17, que altera as punições para agentes públicos.

Vem que tem. O senador Antonio Anastasia, autor do texto, disse a interlocutores que o combinado é não ter vetos e que, se houver, seu partido vai agir para derrubá-los no Congresso.

 

CLICK. A deputada Cristiane Brasil subiu em um caixote para ficar da altura do ministro do Trabalho, Helton Yomura, em reunião na pasta, que não conseguiu assumir.

Instagram Cristiane Brasil

A volta. Quase liberado para disputar as eleições, Demóstenes Torres ganhou um quadro na TV Goiânia para responder a perguntas dos telespectadores sobre defesa do consumidor.

Entrou pra história. Ana Paula Vescovi assumiu ontem como ministra da Fazenda interina com a viagem de Eduardo Guardia para Washington participar de reunião do FMI. É a primeira vez que uma mulher ocupa o cargo desde Zélia Cardoso de Mello.

Dia D. Pré-candidato do PSB ao Planalto, Joaquim Barbosa será apresentado formalmente às bancadas de deputados e senadores do partido nesta quinta-feira em Brasília. Barbosa será provocado a se manifestar sobre suas propostas de governo e como elas se encaixam no estatuto dos socialistas.

Cabo eleitoral? Joaquim Barbosa foi elogiado pelo ministro Edson Fachin nesta quarta-feira, durante o julgamento do deputado Paulo Maluf (PP-SP) no STF. Ao citar um precedente do julgamento do mensalão, Fachin disse que tem “a elevada honra de substituir e ocupar a cadeira” de Barbosa no Supremo.

COM REPORTAGEM DE NAIRA TRINDADE E LEONEL ROCHA. COLABOROU RAFAEL MORAES MOURA 

Coluna do Estadão:
Twitter:
 @colunadoestadao
Facebook:
 facebook.com/colunadoestadao
Instagram:
 @colunadoestadão