Petistas aproveitam ausência de Temer para voltar ao Planalto

Petistas aproveitam ausência de Temer para voltar ao Planalto

Ana Pompeu

19 Setembro 2017 | 16h50

Com o presidente Michel Temer fora do País, aliados da ex-presidente Dilma Rousseff voltaram a frequentar o Palácio do Planalto depois de um ano e quatro meses. O senador Humberto Costa (PT-PE) e os  deputados federais do PT Paulo Teixeira (SP), Benedita da Silva (RJ) e Chico D’Ângelo (RJ), e do PCdoB Jandira Feghali (RJ) e Luciana Santos (PE) estiveram pela última vez no Palácio no dia 12 de maio de 2016, quanto do afastamento de Dilma Rousseff da Presidência.

“Foi uma sensação muito ruim. Não nos sentimos confortáveis. Trouxe de volta à memória as lembranças daquele dia”, comentou Jandira. Eles afirmam que só cumpriram tal agenda porque Michel Temer está nos Estados Unidos.

Recebidos pelo presidente em exercício, Rodrigo Maia (DEM-RJ), os parlamentares estavam acompanhando um grupo de artistas para tratar do veto presidencial à prorrogação, até 2019, de incentivos previstos na Lei do Audiovisual. Maia disse a eles que considera o veto de Temer um erro e que vai organizar a base para derrubá-lo.