Petista omitiu da ABI que aluguel de auditório era para evento com Dilma

Petista omitiu da ABI que aluguel de auditório era para evento com Dilma

Andreza Matais

01 Setembro 2017 | 05h45

Foto: Dida Sampaio/Estadão

 

Surpresa! A diretoria da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) foi surpreendida ontem ao saber que havia alugado o auditório da sua sede para evento que teria como estrela a ex-presidente Dilma Rousseff e com o tema “um ano do golpe”.

Pedalada. O presidente da ABI, Domingos Meirelles, disse à Coluna que os contratantes do evento não informaram à instituição do que se tratava. “Deveriam ter nos avisado. Em nenhum momento se identificaram. Estou perplexo”, conta.

É cash. O aluguel do auditório foi pago em dinheiro vivo pelo deputado Wadih Damous (PT-RJ), que desembolsou R$ 4 mil. “Não lembro como paguei e o fiz porque é um ato do meu mandato”, explicou.

Click aqui e Leia mais na Coluna do Estadão

A assessoria do deputado enviou para Coluna dois recibos de depósitos em dinheiro na conta da ABI. São dois pagamentos de R$ 1.500,00. Os valores foram depositados em caixas eletrônicos em espécie dentro de envelopes. Questionado, o gabinete não informou porque optou por depositar o dinheiro ao invés de fazer transferência bancária.

 

 

 

Mais conteúdo sobre:

Dilma RousseffABIimpeachment