Para mostrar reação, Temer marca para segunda posse de dois novos ministros

Isadora Peron

31 Março 2018 | 15h34

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Para mostrar que o governo não está paralisado após a Operação Skala, o presidente Michel Temer marcou já para esta segunda-feira, 2, a posse de dois novos ministros: Gilberto Occhi vai assumir a Saúde no lugar de Ricardo Barros (PP) e Valter Casimiro Silveira ficará com o Ministério dos Transportes, hoje ocupado por Maurício Quintella (PR).

Com a saída de Occhi da Caixa Econômica Federal, o comando do banco passará para o vice-presidente de Habitação, Nelson Antônio de Souza, que também toma posse segunda. A cerimônia conjunta está marcada para as 10h30,  no Palácio do Planalto.

Como a Coluna mostrou nesta sexta, a prisão de três amigos de Temer e a possibilidade de a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciá-lo no inquérito dos portos podem provocar uma debandada de aliados da base do governo e dificultar, até mesmo, a reforma ministerial.

Os ministros que quiserem disputar a eleição têm até o próximo sábado, dia 7, para deixar o cargo. Pelo menos outros dez nomes serão exonerados na próxima semana. (Isadora Peron)