Nova fase da Zelotes apura favorecimento ao Banco de Boston

Luiza Pollo

01 Dezembro 2016 | 08h25

 

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 1, a oitava fase da Operação Zelotes, que apura esquemas de corrupção no Conselho Administrativo de Recursos Fircais (Carf), espécie de “tribunal”que avalia recursos de grandes contribuintes em débito com a Receita Federal. A investigação aponta a existência, entre 2006 e 2015, de conluio entre um conselheiro do órgão e uma instituição financeira. O Estado apurou que se trata do Banco de Boston.

Cerca de cem policiais federais estão cumprindo 34 mandados judiciais, sendo 21 de busca e apreensão e 13 de condução coercitiva nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco. Conforme a PF, houve sucesso na manipulação de processos administrativos fiscais em ao menos três ocasiões.

Os investigados poderão responder pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, advocacia administrativa tributária e lavagem de dinheiro. (Fábio Fabrini, Andreza Matais e Naira Trindade)