Na China, Janot soube a 5h30 da manhã sobre tentativa do Senado de votar pacote anticorrupção

Na China, Janot soube a 5h30 da manhã sobre tentativa do Senado de votar pacote anticorrupção

.

Luiza Pollo

01 Dezembro 2016 | 07h00

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Era 5h30 da manhã na China quando Renan Calheiros tentou colocar em votação, ontem, o pacote de medidas anticorrupção. O procurador-geral, Rodrigo Janot, que está lá em viagem oficial, já estava acordado há mais de uma hora preocupado com as articulações no Congresso. (Beatriz Bulla)

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

Renan CalheirosRodrigo Janot