Ministros do STF têm cota de R$ 51,6 mil para voar

Ministros do STF têm cota de R$ 51,6 mil para voar

Coluna do Estadão

12 Fevereiro 2018 | 05h30

Foto: Divulgação

Cada um dos 11 ministros do Supremo terá neste ano uma cota de R$ 51,6 mil para custear passagens aéreas nacionais. É permitido a eles solicitar o auxílio sem necessidade de justificar a natureza da viagem, até mesmo no recesso. A Corte entende que podem despachar eletronicamente de qualquer lugar do País. Em 2017, a cota era de R$ 50,4 mil por ano. Os ministros Cármen Lúcia, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello não usaram a verba no ano passado. Luiz Fux foi o que mais requereu, R$ 47,2 mil, de janeiro a outubro, último dado disponível.

Destino. Atual presidente do TSE, Fux fez 41 das 44 viagens compradas com a cota para o Rio, seu Estado, o que é permitido pelo Supremo. Sua assessoria justifica: “Toda a família do Ministro se encontra no estado do Rio, inclusive sua Querida Mamãe, esposa e filhos, portanto sua necessidade de deslocamento para tal Cidade.”

Com a palavra. A assessoria de Fux diz, ainda, que “todos os esforços envidados para obter os referidos dados atualizados junto à administração do STF, foram inócuos” devido ao feriado. E que não seria possível checar ontem se ele tinha agenda de trabalho no Rio na ocasião das viagens.


Tá na mão. O STF disse que todos os dados relacionados às viagens dos ministros estão “discriminados no seu portal na internet.”

Pre-pa-ra. A ala da bancada evangélica que apoia o presidenciável Jair Bolsonaro (PSC) está pronta para bombardear a candidatura de Luciano Huck caso ele decida entrar no jogo. Vai trazer para a eleição a disputa Globo x Record.

Supersinceros. Deputados do PSB têm tido conversas sinceras com Joaquim Barbosa para alertá-lo das diferentes opiniões no partido sobre sua eventual candidatura ao Planalto.

Nem ele. Para tentar convencê-lo, dizem, usam a máxima “nem Jesus Cristo agradou a todo mundo”.

To fora. O chancelar Aloysio Nunes Ferreira diz ser “intriga” a informação de que é contra a candidatura de João Doria ao governo de SP. Segundo ele, Doria tem grandes chances de ser eleito e ajudar Geraldo Alckmin na eleição para o Palácio do Planalto.

Sono tranquilo. O líder do MDB, Baleia Rossi, prevê que a sigla mantenha 59 deputados, após a janela partidária de março. Entre saídas e novas filiações, avalia, dará empate.

Sinais Particulares: Baleia Rossi, líder MDB na Câmara; por Kleber Sales

Versão… A CUT informa na sua página na internet que termina em 28 de fevereiro o prazo para aposentados fazerem prova de vida, “se não quiserem ter o pagamento do benefício (INSS) interrompido pelo governo golpista e ilegítimo de Michel Temer”.

…Editada. Só não informa que a prova de vida foi instituída no País em 2012 pelo governo da petista Dilma Rousseff.

CLICK. Ao lado de belas passistas, o prefeito João Doria (SP) brincou com o “tamanho da alegria da festa” na abertura do carnaval no Sambódromo do Anhembi.

FACEBOOK

Disputa. A associação dos usuários dos portos do Rio enviou carta ao ministro dos Transportes, Mauricio Quintela, cobrando a indicação do novo diretor da Agência Nacional de Transporte Aquaviário. PR e PTB disputam a vaga.

Fim. O diretor da Antaq, Adalberto Torkarski, tem só mais 5 dias no cargo.

BOMBOU NAS REDES!

MOREIRA MARIZ

“O diretor-geral da PF do governo Temer, calado, é um poeta”, DO SENADOR RANDOLFE RODRIGUES (Rede-AP), sobre Fernando Segovia ter sugerido que o inquérito contra o presidente será arquivado.

COM REPORTAGEM DE NAIRA TRINDADE E LEONEL ROCHA. COLABOROU VERA ROSA 

Coluna do Estadão:
Twitter:
 @colunadoestadao
Facebook:
 facebook.com/colunadoestadao
Instagram:
 @colunadoestadão