Mesa Diretora enfrenta decisão de ministro Marco Aurélio

Mesa Diretora enfrenta decisão de ministro Marco Aurélio

Luiza Pollo

06 Dezembro 2016 | 15h32

A Mesa Diretora resolveu enfrentar a decisão do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, de afastar Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado. Assinada pelos senadores João Alberto, Zezé Perrela, Jorge Viana, Romero Jucá, Vicentinho Alves, Gladson Cameli, Sérgio Petecão e pelo próprio Renan Calheiros, a carta decide “aguardar a deliberação final do pleno do STF”, prevista para amanhã, e conceder “prazo regimental ao presidente para apresentação de defesa”. Ou seja, Renan permanece na presidência do Senado até decisão do plenário da Casa. O peemedebista se recusou a assinar, pela segunda vez, a notificação apresentada pelo oficial de Justiça.  (Naira Trindade)

 

Leia a íntegra da carta:

decisão da mesa diretora