Líder do PMDB simpatiza com candidatura de Meirelles ao Planalto

Leonel Rocha

03 Novembro 2017 | 21h14

Após admitir que é presidenciável em 2018, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ganhou nesta sexta-feira, 3, a simpatia do líder do PMDB na Câmara, Baleia Rossi (SP), para concorrer ao Planalto. Ele considera natural que o nome do ministro. “É absolutamente natural as pessoas lembrarem do ministro Meirelles para a sucessão”, disse o deputado.

O parlamentar lembrou que, como principal nome da equipe econômica, Meirelles é o principal responsável pela retomada do crescimento econômico. “A equipe econômica e o presidente (Temer) recolocaram o país nos trilhos. Todos os itens da economia demonstram que hoje o país tem mais credibilidade e em 2018 teremos resultados ainda mais positivos”.

Meirelles foi escolhido ministro da Fazenda quando Temer assumiu a Presidência, após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. O ministro é filiado ao PSD e em 2002 foi eleito deputado federal por Goiás, mas renunciou ao mandato para ser presidente do Banco Central no governo do ex-presidente Lula.