José Yunes vai processar Funaro por denunciação caluniosa

Andreza Matais

22 Setembro 2017 | 05h40

Yunes, Funaro, Temer e Padilha. Foto: Montagem/Estadão

 

José Yunes, amigo e ex-assessor especial do presidente Michel Temer, vai processar o operador Lúcio Funaro por denunciação caluniosa. A ação é preparada pelo criminalista José Luis Oliveira Lima.

Em março, Funaro processou Yunes por calúnia e difamação alegando ser mentirosa afirmação de que recebeu dele um “pacote” em 2014. O operador já perdeu essa ação.

Em delação premiada, contudo, Funaro não só confirmou a versão de Yunes como acrescentou que no “pacote” tinha R$ 1 milhão. A história do “pacote” foi revelada pela Coluna do Estadão em dezembro.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter:
 @colunadoestadao
Facebook:
 facebook.com/colunadoestadao
Instagram:
 @colunadoestadão

 

Mais conteúdo sobre:

YunesFunaropacoteDelaçãoprocesso