Janot já estragou as férias de Teori duas vezes

Janot já estragou as férias de Teori duas vezes

.

Luiza Pollo

21 Dezembro 2016 | 06h45

Ilustração: Kleber Sales

Ilustração: Kleber Sales

O procurador-geral, Rodrigo Janot, já estragou as férias do ministro do STF Teori Zavascki duas vezes.

Em 2016, enviou o pedido de afastamento de Eduardo Cunha a três dias do recesso do Judiciário. Neste ano, as 77 delações da Odebrecht chegaram a um dia do descanso.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

Rodrigo JanotTeori Zavascki