Investigados pela PF, governador de MG garante foro privilegiado à mulher ao nomeá-la secretária

Investigados pela PF, governador de MG garante foro privilegiado à mulher ao nomeá-la secretária

-

Andreza Matais

28 Abril 2016 | 09h09

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), nomeou a mulher Carolina de Oliveira Pereira Pimentel para o cargo de secretária de estado de trabalho e desenvolvimento social.  A decisão saiu publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial do Estado. Pimentel e a mulher são investigados pela Operação Acrônimo que apura esquema de corrupção envolvendo o BNDES na época em que o petista comandou o ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio no governo Dilma. Com a nomeação da mulher, Pimentel garante a Carolina foro privilegiado. Antes, ela ocupava a presidência da da Servas, o serviço de assistência social de Minas Gerais, sem prerrogativa de foro.

 

carolina

0 Comentários