Huck deve anunciar na segunda que não disputa em 2018

Huck deve anunciar na segunda que não disputa em 2018

Andreza Matais

26 Novembro 2017 | 15h59

Foto: Globo/Raquel Cunha

O apresentador Luciano Huck disse a interlocutores que deve anunciar na segunda-feira que não pretende se candidatar à eleição presidencial de 2018. A manifestação viria por meio de um artigo que teria escrito para um jornal e de comunicados ao PPS, com quem vinha conversando sobre sua filiação, e ao Agora!, movimento formado para pensar a política. Huck tem reunião com o Agora na segunda-feira.

O presidente nacional do PPS, Roberto Freire (SP), disse à Coluna hoje que não foi informado por Huck de sua eventual decisão. Mas duas fontes com acesso ao apresentador contam que ele já teria concluído por não disputar.

Na última quinta, a pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos revelou que a aprovação de Huck subiu para 60%, a maior entre todos os demais nomes cotados para a disputa presidencial de 2018. A partir da divulgação dos dados, as pressões para que o apresentador declarasse sua candidatura se intensificaram.

A Coluna apurou que Huck teria decidido antecipar o anúncio de sua decisão do dia 15 de dezembro para amanhã por temer que as pesquisas o colocassem num patamar que tornasse o recuo inviável. Embora o levantamento do Estadão-Ipsos não tenha relação com intenção de votos, ele reflete o potencial de crescimento do nome de Huck e seus interlocutores o alertaram disso.

Pesquisas internas encomendadas por Huck mensalmente também mostraram que num cenário sem o ex-presidente Lula ele já aparece em segundo lugar, empatado com Marina Silva (REDE). Isso sem fazer campanha alguma. (Andreza Matais)