Heráclito Fortes justifica viagens por participação em parlamentos internacionais

Coluna do Estadão

31 Dezembro 2016 | 08h00

 

Heráclito Fortes. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Heráclito Fortes. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Na lista dos deputados que mais viajaram em missões oficiais da Câmara, Heráclito Fortes (PSB-PI) justifica a quantidade elevada por ser membro do Parlasul, em Montevidéu, e primeiro vice-presidente do Parlatino, na Cidade do Panamá. No relatório em que a Coluna do Estadão teve acesso, aparecem viagens do deputado para Cidade do Panamá, Assunção, Filadélfia, San Salvador, Santiago, Montevidéu, Baku, Washington e Roma. Ao todo, a Câmara gastou R$ 6,2 milhões em diárias e passagens para missões oficiais de deputados e servidores nos mais variados eventos. Leia mais aqui.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

membroparlamento