Governador admite não ter ido a evento com Temer por causa de prisões

Isadora Peron

29 Março 2018 | 15h55

Foto: Valéria Gonçalves/Estadão

 

O governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, confirmou que não foi à inauguração do aeroporto de Vitória para não aparecer ao lado de Michel Temer no dia em que a Polícia Federal levou para a prisão amigos do presidente.

Em nota, Hartung, que também é filiado ao MDB, disse “o País amanheceu mais uma vez sobressaltado com fatos políticos preocupantes” e que apoiava as investigações em curso.

Aliados estranharam a ausência de Hartung no evento. O governador havia confirmado presença.

Leia a íntegra da nota do governador:

“O País amanheceu mais uma vez sobressaltado com fatos políticos preocupantes. Apoio a investigação dessas denúncias com profundidade e, como democrata que sou, também defendo o amplo direito de defesa de todos os citados. Mas ressalto que os episódios políticos sucessivos e graves dessa natureza têm prejudicado o País e a economia, trazendo prejuízos sociais com impacto direto na vida das pessoas, particularmente os mais pobres.” (Isadora Peron)