Felipe Cascaes desiste de disputar indicação ao CNJ

Luiza Pollo

14 Dezembro 2016 | 21h19

Foto: André Dusek/Estadão

Foto: André Dusek/Estadão

Um dos nomes mais fortes na disputa da indicação da Câmara ao CNJ, o advogado Felipe Cascaes desistiu de concorrer. A carta dele deve ser entregue na noite desta quarta-feira,14, à Secretaria da Mesa Diretora da Câmara. Felipe trabalha no departamento jurídico da Casa Civil e tinha apoio informal do Planalto e de parte do PMDB. Ele é o segundo a desistir. Há dez dias, a advogada Ana Luísa Marcondes, que tinha apoio do presidente do Senado, Renan Calheiros, também saiu da disputa. (Naira Trindade)