Minutos antes da votação da urgência, líder do PMDB disse desconhecer pacote anticorrupção

Minutos antes da votação da urgência, líder do PMDB disse desconhecer pacote anticorrupção

.

Luiza Pollo

01 Dezembro 2016 | 05h30

O líder do governo no Senado, Eunício Oliveira. Foto: André Dusek/Estadão

O líder do governo no Senado, Eunício Oliveira. Foto: André Dusek/Estadão

Aspirante à presidência do Senado, Eunício Oliveira negou, de forma enfática, cinco minutos antes da tentativa de votação, que a Casa apreciaria o pacote de medidas contra a corrupção. O PMDB é um dos signatários do requerimento de urgência, que acabou sendo derrubado no plenário.

Antes de decidir levar o pacote de medidas para votação ao plenário do Senado, o presidente Renan Calheiros bateu de porta em porta nas 18 lideranças da Casa para tentar acordo. Convenceu a maioria, não todos.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

Eunício Oliveira