Deputados pedem comissão externa para fiscalizar carceragem de Lula

Deputados pedem comissão externa para fiscalizar carceragem de Lula

Coluna do Estadão

11 Abril 2018 | 14h41

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Foto: Dida Sampaio

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pode decidir ainda hoje se irá criar uma comissão externa da Casa para verificar as condições em que se encontra o ex-presidente Lula na carceragem da Polícia Federal em Curitiba. A comissão foi solicitada pelos líderes de partidos de oposição e será formada por 12 deputados a serem indicados pelos lideres partidários.

Maia disse à Coluna que ainda não tomou sua decisão. Dois deputados que estiveram com ele afirmam que ele teria sinalizado que pode criar a comissão.

Na justificativa do requerimento apresentado pelos deputados José Guimarães (PT-CE) e Weverton Rocha (PDT-MA), os parlamentares argumentam que há indícios de que a segurança pessoal do ex-presidente está em risco. Alegam que “circunstâncias anormais que afrontam o estado democrático de direito” ocorreram durante a prisão e o encarceramento do ex-presidente.

O pedido cita a gravação de um diálogo captado pelo rádio do avião onde Lula estava sendo transportado de São Paulo para Curitiba e que sugeria o “descarte” do ex-presidente e a provocação feita por um suposto policial apoiador do presidenciável Jair Bolsonaro à deputada estadual Manuela D’Avila na manifestação de parlamentares em frente à superintendência da PF de Curitiba

O ex-presidente está preso na superintendência da PF no Paraná numa sala de estado maior. Condição bem melhor do que a dos demais presos, que estão em celas. (Leonel Rocha).