Delator cita Imbassahy, mas não o acusa

Delator cita Imbassahy, mas não o acusa

.

Luiza Pollo

10 Dezembro 2016 | 00h03

imbassahy-bombou
O líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, também foi citado pelo executivo Cláudio Melo Filho, ex-vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht em sua delação ao Ministério Público Federal (MPF). O nome do tucano aparece em um dos anexos da delação, informando que teria recebido R$ 299.700 em um doação eleitoral. Segundo Cláudio, Imbassahy não pediu apoio financeiro, sendo “contemplado com o pagamento por ser político influente da Bahia”. O tucano teve o nome cotado para assumir a Secretaria de Governo, vaga após a saída de Geddel Vieira Lima. Temer desistiu de indicá-lo, por ora, após rebelião do Centrão.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

Imbassahy