Defesa tenta evitar que Lula vire Sérgio Cabral

Defesa tenta evitar que Lula vire Sérgio Cabral

Coluna do Estadão

23 Março 2018 | 05h30

Ex-presidente Lula e o ex-governador Sérgio Cabral

O esforço da defesa do ex-presidente Lula para impedir que a primeira prisão dele ocorra tem a finalidade de não ver se repetir com ele o mesmo que ocorreu com o ex-governador Sérgio Cabral. Desde que foi preso, em 2016, o emedebista já foi condenado cinco vezes a penas que chegam a 100 anos de detenção. Petistas dizem que Lula está sofrendo de “síndrome de Sercab”, em referência a Sérgio Cabral. Tem medo de entrar numa cela e não sair mais, acumulando uma sentença em cima da outra, nos casos do triplex, sítio de Atibaia, Instituto Lula, Zelotes…

No microfone! A presidente do Supremo, Cármen Lúcia, consultou o plenário sobre adiar ou não o julgamento do HC de Lula para que cada um assumisse de público sua posição. Vários haviam pedido, no privado, que ela encerrasse a sessão.

SINAIS PARTICULARES: Cármen Lúcia, presidente do Supremo; por Kleber Sales

Mais um voto. Com evento agendado em Portugal até o dia 5 de abril, o ministro Gilmar Mendes decidiu antecipar a volta para participar do julgamento do HC do ex-presidente Lula dia 4.

Pre-pa-ra. O diretor-geral da PF, Rogério Galloro, vai designar mais sete delegados para atuar no grupo que investiga políticos com prerrogativa de foro. A equipe, que tem hoje 12 membros, ficará com 19.

Devolvendo. O PP vai abrir mão do comando da Caixa se conseguir emplacar Gilberto Occhi no Ministério da Saúde. O partido acha que o banco hoje é só problemas e que a pasta é mais interessante do ponto de vista eleitoral.

Tô fora! Occhi teve uma conversa no PP e se queixou de que está sendo fritado na Caixa pelo embate com a Fazenda por causa dos empréstimos do banco para Estados e municípios.

O papel. Em reunião com sua equipe ontem, Temer discutiu a formação do novo Ministério. O nome de Mansueto Almeida constava de uma lista para o Ministério da Fazenda. Apesar da preferência por Mansueto, um grupo de ministros defendeu também a competência de Eduardo Guardia para assumir a pasta.

Poréns. A disputa pela vaga de Henrique Meirelles, que deve sair para concorrer ao Planalto, esquentou. Quem é contra Mansueto diz que ele é tucano demais para assumir a vaga. Já Guardia não deixou amigos no Congresso após as negociações para votação do Refis.

Vai tu mesmo. Temer avisou que deve aceitar a sugestão do ministro Mendonça Filho de nomear Maria Helena Guimarães para o Ministério da Educação. Ela é um quadro técnico do PSDB.

Feriadão. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), já mandou divulgar a pauta de plenário na semana que vem. Vota a reoneração da folha e a regulamentação do lobby. Ou seja, os deputados trabalham na terça e depois estão liberados para a Páscoa.

Fim do túnel. O projeto da reoneração tende a ser aprovado. Se o script se confirmar, o governo vai recalcular o valor do contingenciamento de R$ 3 bilhões que promete fazer. Da forma como está o texto na Câmara, o congelamento cairia para R$ 2 bilhões.

CLICK. O senador Randolfe Rodrigues lançou campanha contra fake news. Ele orienta internautas a desconfiar e checar boatos recebidos no celular e não repassá-los.

FOTO: INSTAGRAM RANDOLFE RODRIGUES

Não deu. Os senadores Romero Jucá e Marta Suplicy tomaram chá de cadeira do ministro Moreira Franco (Secretaria da Presidência) na noite de quarta-feira, no Tejo, em Brasília. Esperaram horas por ele, mas Moreira não apareceu.

Drogas. Uma carta enviada pelo ex-presidente FHC ao líder do MDB no Senado, Raimundo Lira, suspendeu a votação, em regime de urgência, do projeto que acaba com a diferenciação entre usuário e traficante. Ele argumentou que “isso contribui para a explosão da população carcerária”.

PRONTO, FALEI! 

Deputado Heráclito Forte (DEM-PI)

“O Supremo fez cair por terra a tese barata do PT de que o Lula é perseguido da Justiça”, DO DEPUTADO HERÁCLITO FORTES (DEM-PI), sobre a Corte ter impedido ontem a prisão do petista até 4 de abril.

COM REPORTAGEM NAIRA TRINDADE E LEONEL ROCHA 

Coluna do Estadão:
Twitter:
 @colunadoestadao
Facebook:
 facebook.com/colunadoestadao
Instagram:
 @colunadoestadão