Cresce roubo de carga no eixo Rio-São Paulo

Cresce roubo de carga no eixo Rio-São Paulo

Luiza Pollo

13 Janeiro 2018 | 05h30

Foto: Adalberto Ruchelle

O roubo de cargas em rodovias do Rio de Janeiro e de São Paulo explodiu, com prejuízo de R$ 1,7 bilhão em 2017. Entre janeiro e novembro do ano passado, o volume de produtos subtraídos nas duas capitais cresceu 10% na comparação com o mesmo período anterior. Só nos dez primeiros dias deste mês, foram 288 roubos no Rio. Levantamento da MC2R Inteligência Estratégica, com base nos dados das Secretarias de Segurança Pública dos dois Estados, mostra a preferência dos assaltantes por cargas mais valiosas, como eletrônicos e cigarros.

Meu tesouro. O valor médio da carga roubada no ano passado foi de R$ 81,3 mil no Rio e R$ 94 mil em São Paulo, como mostrou estudo do economista Riley Rodrigues. Foram 30 assaltos por dia, nas duas capitais, ao longo de 2017.

Maré de… Nenhum deputado saiu em defesa de Henrique Meirelles após a entrevista de Temer recomendando a permanência dele na Fazenda e o rebaixamento da nota de risco pela S&P. Aliados dele no PSD justificam: o ministro não empolga o mundo político.

Pelo contrário. Deputados aproveitaram o episódio para criticar Meirelles. O líder do DEM na Câmara, Efraim Filho (PB), alfinetou: “Ao tentar achar culpados para o rebaixamento, ele veste a camisa de candidato e esquece de falar como ministro”.

Tal pai… Já o vereador Cesar Maia usou as redes sociais para proteger o filho, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Endossou o discurso de que a culpa pela nota rebaixada foi a crise política gerada pela gravação de Joesley Batista, no Jaburu.

Cobiça. Enquanto o ex-prefeito petista Fernando Haddad diz que não vai disputar uma vaga no Senado junto com Eduardo Suplicy, o ex-secretário municipal de Transportes de São Paulo Jilmar Tatto avisa que continua de olho na cadeira e já iniciou a campanha.

CLICK. Em pré-campanha ao Planalto, o governador Geraldo Alckmin (SP) brinca com boxeador na entrega da reforma de quadras na Vila Olímpica Mario Covas.

Foto: Divulgação

Ninho tucano. As vagas ao Senado também são alvo de disputa no PSDB paulista. O presidente da Alesp, Cauê Macris, avisou ao ministro Aloysio Nunes (Relações Exteriores) que deseja disputar a eleição ao cargo, caso ele não queira. Aloysio não decidiu sobre reeleição.

Faxina geral. A decisão da ministra Grace Mendonça de substituir cargos de confiança ligados à Advocacia-Geral da União irritou a Associação Nacional dos Advogados da União (Anauni), que divulgou carta de repúdio alegando prejuízo nas defesas do governo.

De saída. A AGU já dispensou o procurador regional da 1.ª Região, Niomar Sousa Nogueira, e o consultor jurídico do Pará José Mauro de Lima. Os nomes foram divulgados no Diário Oficial da União. O órgão diz se tratar de desligamentos normais.

Valendo. Entrou em vigor o acordo para o reconhecimento recíproco de carteiras de motoristas entre Brasil e Itália, costurado pela filha de Rubens Bueno (PPS-PR), a deputada ítalo-brasileira Renata Bueno.

Sinais Particulares: Rubens Bueno, deputado federal; por Kleber Sales

Laços… Pré-candidato ao governo do Paraná, Osmar Dias já avisou à cúpula do PDT que não deve dar palanque a Ciro Gomes.

…de família. O ex-senador diz que vai se manter neutro na disputa presidencial, para não se indispor com o irmão, Álvaro Dias, candidato pelo Podemos.

PRONTO, FALEI!

Foto: Dida Sampaio/Estadão

“Cristiane Brasil não imaginou que virar ministra do Trabalho iria dar tanto trabalho”, sobre decisão da Justiça que suspendeu a posse da filha de Roberto Jefferson”, DO DEPUTADO CHICO ALENCAR (PSOL-RJ), sobre decisão da Justiça que suspendeu a posse da filha de Roberto Jefferson.

COM REPORTAGEM DE LEONEL ROCHA E ISADORA PERON. COLABOROU VERA ROSA

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter:
 @colunadoestadao
Facebook:
 facebook.com/colunadoestadao
Instagram:
 @colunadoestadão