CNC decide apoiar investigação da Fecomercio-Rio

CNC decide apoiar investigação da Fecomercio-Rio

Andreza Matais

15 Março 2018 | 20h42

Orlando Diniz. FOTO WILTON JUNIOR / ESTADÃO

 

A diretoria da Confederação Nacional do Comercio (CNC) se reuniu nesta quinta, 15. O deputado Laercio Oliveira, apoiado pelo presidente preso da Fecomércio-Rio, Orlando Diniz, foi derrotado pelo candidato José Roberto Tadros, por 20 a 9 na definição das normas das eleições, que acontecem em setembro. Os desvios na federação terão assim o apoio da CNC para serem investigados.

Diniz foi preso em fevereiro pela Operação Jabuti, deflagrada pela Polícia Federal. A ação é um desdobramento da Operação Lava Jato.

A Jabuti investiga desvio de recursos da Fecomércio, lavagem de dinheiro e pagamento de cerca de R$ 180 milhões em honorários advocatícios com recursos da entidade. A operação é realizada em parceria com o Ministério Público Federal e apoio da Receita. (Andreza Matais)