Ciro Gomes perde ação e terá de indenizar Temer em R$ 30 mil

Ciro Gomes chamou Temer de "ladrão fisiológico" em palestra na Universidade da Pensilvânia

Naira Trindade

17 Maio 2017 | 17h25

Foto: Dida Sampaio/Estadão

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) confirmou, na tarde desta quarta-feira, 17, a condenação ao ex-ministro Ciro Gomes na ação movida pelo presidente Michel Temer por danos morais. Ciro terá de pagar indenização de R$ 30 mil a Temer. O advogado responsável pela ação é Gustavo do Vale Rocha, subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil. Ciro perdeu recurso da ação por ter chamado Temer de “ladrão fisiológico” em palestra na Universidade da Pensilvânia, na Filadélfia (EUA), em abril. Irmão de Ciro, Cid Gomes também já foi condenado a pagar R$ 50 mil por danos morais ao presidente. Os dois são conhecidos por tratar adversários de forma truculenta.

 

0 Comentários