Cade apura cartel em licitações de estádios da Copa do Mundo

Cade apura cartel em licitações de estádios da Copa do Mundo

Luiza Pollo

05 Dezembro 2016 | 16h01

estadio maracana fabio motta estadao

Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro. Foto: Fábio Motta/ Estadão

Em mais um acordo de leniência com a Andrade Gutierrez, executivos e ex-executivos da empresa, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) investiga cartel em licitações de estádios da Copa do Mundo de 2014. Até o momento, há indícios de que, pelo menos, cinco certames de estádios para o mundial  foram objeto do cartel, entre eles a Arena Pernambuco, no Recife, e o Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Estão sob suspeitas três procedimentos licitatórios: a Arena Castelão, em Fortaleza; a Arena das Dunas, em Natal; e a Arena Fonte Nova, em Salvador. O acordo é mais um desdobramento da Operação Lava Jato e foi firmado em outubro passado afim de apurar suspeitas nas obras em estádios de futebol para o mundial. (Naira Trindade)