Funcionários do Procon marcam greve para janeiro

Os funcionários do Procon-SP decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir do dia 10 de janeiro de 2011. A decisão foi tomada em assembleia realizada ontem em São Paulo com cerca de 500 funcionários

Marcelo Moreira

23 Dezembro 2010 | 16h52

Os funcionários do Procon-SP decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir do dia 10 de janeiro de 2011. A decisão foi tomada em assembleia realizada ontem em São Paulo com cerca de 500 funcionários. Deverão ser afetados os serviços do prédio central, na Barra Funda, e os postos de atendimento nos Poupatempo Sé, Santo Amaro e Itaquera.

De acordo com o presidente da Associação dos Funcionários do Procon (AFP), Luis Marcelo Prestes, haverá greve porque o governo do Estado não definiu os planos de cargos e salários até 15 de dezembro, como foi acordado em  reunião.

Mais conteúdo sobre:

greve de fomeProcon