Empresa nega assistência e é condenada

O Tribunal de Santa Catarina condenou a Unimed Grande Florianópolis a indenizar o viúvo de uma paciente no valor de R$ 32,5 mil por danos morais e materiais. O cliente mudou para um convênio do mesmo grupo durante o tratamento da esposa

Marcelo Moreira

10 Dezembro 2010 | 13h05

O Tribunal de Santa Catarina condenou a Unimed Grande Florianópolis a indenizar o viúvo de uma paciente no valor de R$ 32,5 mil por danos morais e materiais. O cliente mudou para um convênio do mesmo grupo durante o tratamento da esposa. A empresa prometeu continuidade no serviço, mas negou assistência no final.

Mais conteúdo sobre:

indenizaçãoUnimed