Cálculo exato para quitar dívida

Marcelo Moreira

03 Março 2009 | 22h19

SAULO LUZ – JORNAL DA TARDE

Quem quiser quitar antecipadamente os valores de um financiamento ou empréstimo mas tem dificuldade de fazer os cálculos do valor restante a ser pago ganhou uma interessante ferramenta de ajuda.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) criou e está disponibilizou em seu portal na internet (www.mp.sc.gov.br) uma “calculadora online” para chegar ao valor de quitação antecipada de empréstimos e financiamentos.

Pela ferramenta, o cidadão que quiser adiantar alguma ou todas as prestações mensais do financiamento de seu veículo, por exemplo, poderá simular a quitação antecipada sabendo qual será a redução de juros.

“O consumidor preenche os dados solicitados e a calculadora faz o abatimento dos juros e da correção monetária, indicando o valor ideal para o consumidor avaliar se compensa liquidar a dívida e discutir os valores com a empresa”, explica Alvaro Pereira Oliveira Melo, promotor de justiça e coordenador geral do Centro de Apoio Operacional do Consumidor, do MPSC.

Ele alerta que, se o consumidor não conseguir preencher todos os campos necessários, deve ficar atento. “Isso pode indicar que o consumidor não fez um bom negócio no empréstimo. Na mesma página ele pode se inteirar dos seus direitos lendo as 10 dicas para não cair numa armadilha com empréstimo consignado e financiamentos”.

Negociação

Na opinião de Denis Sarausa, presidente da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Cidadania (Abradec), apesar de o Código de Defesa do Consumidor garantir o direito à redução proporcional dos juros e encargos financeiros em caso de quitação antecipada (total ou parcial), o consumidor é desestimulado pelas empresas.

“Algumas empresas cobram tarifa de liquidação antecipada e outras não dão desconto que, na verdade, é só a dedução dos juros que não serão cobrados, já que o pagamento está sendo antecipado”, afirma. “Além isso, é difícil para o consumidor realizar o cálculo contábil que indica de quanto deve ser o desconto justo.”

A dificuldade em saber como chegar ao valor para antecipar a quitação chegou à gerente de loja Andrea Morais, 29 anos. Ela resolveu liquidar com antecedência o valor de um financiamento de R$ 28.505,76 que fez na BV Financeira para pagar em 48 vezes de R$ 593,87.

“Na 25ª parcela, manifestei o interesse em quitar o restante e pedi para que a instituição me mostrasse quanto eu pagaria. Na negociação, pedi maiores esclarecimentos sobre os valores a serem pagos para encerrar a operação”, diz a consumidora.

A BV Financeira entrou em contato com a cliente informando todos os procedimentos adotados neste caso, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. Para liquidar a dívida, as parcelas a vencer são trazidas a valor presente, com a correspondente descapitalização dos juros incidentes.